Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

LILAEOPSIS BRASILIENSIS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Vera Santos
avatar

Old SchoolPeixeFaunaOld SchoolPeixeFauna


Localização : Estoril, Portugal
Mensagens : 11608
Data de inscrição : 27/12/2009
Gostos : 499


MensagemAssunto: LILAEOPSIS BRASILIENSIS   Sab 11 Fev 2012, 18:06Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

LILAEOPSIS BRASILIENSIS

Familia: Apiaceae
Género: Lilaeopsis
Região: América central e sul
Localização: Brasil
Sinônimos: Hemigraphis traian
Dificuldade: Fácil
Luz: Média
Temperatura: 15ºC a 27ºC
PH: 6.0 a 8.0
Substrato Fértil: Não
CO2: Não
Estrutura da planta: Rizoma
Tamanho: 3 a 6cm
Crescimento: Rápido
Emersas: Sim
Dificuldade: Moderada
Localização no aquário: Frente



Descrição:


Brasiliensis Lilaeopsis tem sido o passatempo durante anos como uma das poucas plantas comumente disponíveis para o primeiro plano. É produzido por todos os viveiros mais importantes do mundo e pode ser obtido através de mais loja de peixes qualquer local que as ações plantas vivas. Em seu habitat nativo do Brasil, L. brasiliensis pode muitas vezes ser encontrada crescendo ao longo das margens de córregos em ambos os estados emersas e submersas. Apesar de 'espada brasileira micro' seu nome comum, esta planta erva-como é mais estreitamente relacionado com os gêneros Limnobium e Hydrocotyle . L. brasiliensis não é muito difícil crescer, dado bastante luz e CO 2 suplementação. Esta espécie low-teck vai mesmo crescer com pouca iluminação. No entanto, ele irá formar densas, gramados primeiro plano belas apenas quando fornecidos com luz brilhante, desobstruída (3wpg ou mais). Um substrato rico encoraja um crescimento mais rápido, mais alto - por isso pode ser mais desejável ter um substrato magro, dependendo do tamanho e da altura do aquário. Como a maioria das todas as plantas, esta benefícios espécies a partir da adição regular de nitrato, fosfato, potássio e micronutrientes, através da coluna de água. Esta planta herbácea cresce ao longo de um rizoma longo de uma maneira um tanto semelhante à Hydrocotyle verticellata , excepto que as folhas são grama -gosto e crescer em mais densamente. Para criar um gramado espada micro, inserir pequenos cachos desta planta em um padrão xadrez em todo o substrato. Em poucos meses, as plantas vão crescer e formar um tapete felpudo. Como esta planta é muito invasivo, os corredores que crescem em agrupamentos de plantas vizinhas terão de ser regularmente podadas fora. Estes recortes pode ser usado para a propagação em outros tanques, se desejado. L. brasiliensis , devido à sua baixa estatura, é uma alternativa excelente plano gramado para o mais comum Eleocharis spp. (hairgrass) e Echinodorus tenellus . Também pode ser usado para fornecer acentos verticais em Glossotigma e riccia gramados.

Foto:



FONTES: aquaticplantcentral; TIVAMO; AQUAFLUX
Adaptado e traduzido por Vera Basílio dos Santos © Copyright 2011 ©
Voltar ao Topo Ir em baixo 

LILAEOPSIS BRASILIENSIS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce ::  Fichas Técnicas :: Plantas-