Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto
 

Lagostins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

HelderSilva

Membro
Membro


Nome Real : Joaquim
Localização : Ferreirinha
Mensagens : 42
Data de inscrição : 13/01/2012
Gostos : 0


MensagemAssunto: Lagostins   Sab 14 Jan 2012, 19:12Responder ao tópico

Lagostins
O lagostim vermelho vendido nas lojas de aquariofilia ou lojas de animais como “lagosta vermelha”, possui hábitos nocturnos e pode ser agressivo com peixes de várias espécies, portanto não é indicado para aquários comunitários.
Embora haja muita polémica quando a seu comportamento agressivo e muitas pessoas o criem em aquários muito iluminados juntamente com ciclídeos africanos ou com peixes de natação mais lenta sem tentativas de ataque ou presenciarem ataques repentinos, o habitat e o comportamento do lagostim não é parecido com o dos condrichthyes e esse facto pode causar stress tanto no crustáceo quanto nos peixes, criando um estado de alerta permanente.
A dieta do lagostim pode e deve ser variada para que suas cores tornem-se vívidas e para conservar o espécime saudável. O lagostim é inadequado para um aquário comunitário porque além de devorar todas as algas e plantas do aquário ele precisa de tocas de pedra para se esconder da claridade ou da luz artificial, seja esta fluorescente ou incandescente.
A pessoa que adquire um lagostim achando que o verá caminhar pelo fundo do aquário com a luz artificial ligada e que este será totalmente inofensivo aos outros habitantes do aquário poderá ter algumas surpresas desagradáveis.
Além de este passar a maior parte do dia escondido em tocas ou em posição de ataque (em caso do aquário não possuir tocas), tem o hábito de perseguir peixes de natação lenta e escalar tudo o que puder (algas, pedras,etc) podendo sair do aquário e permanecer horas fora d’ água se não possuir tampa no seu aquario. No entanto, não há a necessidade de colocá-lo em um aquaterrário, o lagostim é aquático e morre se sua carapaça secar.
é interessante observar as constantes trocas (de carapaça) que este crustáceo faz para crescer. Este processo é chamado “muda” e enquanto a nova carapaça quitinosa estiver se formando por baixo da antiga casca, observa-se uma mudança de cor e de comportamento, o lagostim permanece quieto e escondido, daí o facto da necessidade das tocas, pois se houver mais de um espécime de lagostim no aquário, pode aproveitar-se desse momento em que o outro está vulnerável (período que dura de 2 a 3 dias até que a nova carapaça adquira firmeza suficiente para defesa) e come-lo.
é bom ressaltar que a carapaça abandonada deve ser deixada no aquário para que o lagostim se alimente das vitaminas e de outras substâncias orgânicas que ajudará no enrijecimento da nova carapaça.
Alimentação: 2 x ao dia, ração, cenoura crua em pedaços, algas ou escarola.
Tamanho mínimo do aquário: 80 Litros
Reprodução: Sexuada com fecundação interna, a fêmea carrega os ovos em baixo do abdome e quase não se alimenta no período da gestação, podendo tornar-se muito agressiva. Nesse período as trocas de água devem ser reduzidas.
Após a eclosão dos ovos o macho deve ser separado e os lagostins recém-eclodidos devem permanecer junto a mãe e na mesma água em que houve a eclosão. A alimentação da fêmea deve ser reforçada para que não ataque sua cria e a temperatura deve ser mantida entre 25 – 27° C.
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Carlos Couceiro
avatar

Criador


Nome Real : Carlos Couceiro
Localização : Marinha Grande - Leiria
Mensagens : 1557
Data de inscrição : 25/04/2008
Gostos : 79


MensagemAssunto: Re: Lagostins   Sab 14 Jan 2012, 19:40Responder ao tópico

boas, nao quero de todo estar a desvolarizar o teu trabalho, é de louvar quem queira compilar informaçoes em tópicos ditaticos, mas para o fazermos deve ser o mais rigorosos possiveis, vou citar algumas questoes

grande parte do que dizes, depende grandiosamente da especie em questao, falas em lagosta vermelha que de repente me vem á cabeça o Procambarus clarkii(lagostim vermelho do Luisiana) que é uma especie proíbida em Portugal e que por esse motivo nao pode ser vendida e outros situaçoes

Citação :
....e os lagostins recém-eclodidos devem permanecer junto a mãe e na mesma água em que houve a eclosão...

não entendo o porquê das crias deverem ficar com a mãe, quando a mãe os pode comer e uma vez que eles assim que nascem ja seres autonomos
Voltar ao Topo Ir em baixo 

HelderSilva

Membro
Membro


Nome Real : Joaquim
Localização : Ferreirinha
Mensagens : 42
Data de inscrição : 13/01/2012
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Lagostins   Sab 14 Jan 2012, 22:10Responder ao tópico

Os lagostins não são realmente o meu forte devo confessar.

Toda esta informação foi a que eu reuni quando me deram o meu primeiro lagostim vermelho. (provavelmente do luisiana).

Tenho um aquário agora só de lagostins mas ainda não criaram para poder acrescentar sobre se devem ou não ficar com a mãe. mas assim que tiver essa experiência decerto a partilho convosco.

Voltar ao Topo Ir em baixo 

Carlos Couceiro
avatar

Criador


Nome Real : Carlos Couceiro
Localização : Marinha Grande - Leiria
Mensagens : 1557
Data de inscrição : 25/04/2008
Gostos : 79


MensagemAssunto: Re: Lagostins   Sab 14 Jan 2012, 23:33Responder ao tópico

uma coisa te garanto, a fêmea não é precisa para nada, nao defende nem alimenta as crias, em muitas especies o mais provavel é comer todas as que conseguir apanhar mal nasçam
Voltar ao Topo Ir em baixo 

HelderSilva

Membro
Membro


Nome Real : Joaquim
Localização : Ferreirinha
Mensagens : 42
Data de inscrição : 13/01/2012
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Lagostins   Dom 15 Jan 2012, 12:45Responder ao tópico

Hum.
Obrigado então que assim não ficam de alimento para a mãe.
Obrigado pela correcção sempre vem vinda!
Voltar ao Topo Ir em baixo 

victorciencias@yahoo.com.
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Localização : RJ
Mensagens : 1
Data de inscrição : 23/12/2011
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Lagostins   Dom 27 Nov 2016, 16:39Responder ao tópico

Pelo que eu sei, eles apresentam um certo cuidado parental. Uma fêmea grande pode produzir até 700 ovos, são ovos pequenos, menores do do que os de outros lagostins. Estes permanecem fixos nos pleópodes abdominais, e o período de incubação dura 3 semanas. Após nascerem, os filhotes permanecem fixos à região abdominal da fêmea por 8 semanas, caracterizando cuidado parental. Neste período passam por duas mudas. Os filhotes crescem rapidamente, atingem 2 cm em 1 mês, e 8 cm em 3 meses. Atingem maturidade sexual com cerca de 6 cm (3 meses).
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Francisco Ramalho
avatar

Administ.PeixeFauna
Administ.PeixeFauna


Nome Real : Francisco Ramalho
Localização : Tomar
Mensagens : 4436
Data de inscrição : 13/04/2009
Gostos : 405


MensagemAssunto: Re: Lagostins   Dom 11 Dez 2016, 13:01Responder ao tópico

Vitor obrigado por postar, mas passe pela área de apresentação antes de postar.

-- Assinatura --
fjmr123
Francisco Ramalho

AdminístradorPeixeFauna
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Lagostins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce ::  Invertebrados :: Caranguejos e Lagostins-