Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

CRINUM CALAMISTRATUM

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Vera Santos
avatar

Old SchoolPeixeFaunaOld SchoolPeixeFauna


Localização : Estoril, Portugal
Mensagens : 11608
Data de inscrição : 27/12/2009
Gostos : 499


MensagemAssunto: CRINUM CALAMISTRATUM   Qua 30 Nov 2011, 10:15Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

CRINUM CALAMISTRATUM

Família: Amaryllidaceae
Género: Crinum
Região: África
Localização: Oeste dos Camarões, África Ocidental
Dificuldade: moderado
Estrutura de plantas: Roseta
Luz: alta (0.6 Watts/Litro)
Temperatura: 20ºC a 28ºC
PH: 5.5 a 8.0
Dureza da água: -
CO2: Não necessário, mas recomendável
Tamanho: 40 a 100 cm
Taxa de crescimento: moderado
Podem ser cultivadas emersas: não
Localização no aquário: Meio / Fundo

Descrição:

Crinum calamistratum é uma planta aquática da África Central que está disponível no passatempo há vários anos. Registros do provete holótipo recolhidos em 1948 indicam que a planta foi retirada da região de Kumba dos Camarões. Essas vias foram pensadas para ser seco em certas épocas do ano, mas é duvidosa que a capacidade de plantas para sobreviver em um Estado emergem. Esta é a menor das espécies Crinum que normalmente são mantidas em aquários, mas ainda é uma planta bastante considerável.

Este Crinum tem uma estrutura única de longas, delgadas, profundamente enrugadas, escuras folhas verdes que pode se estender até quatro metros de comprimento. Início de folhas fora cresce para cima em um ângulo ligeiro do bulbo, mas rapidamente produzir uma variedade de cachos e loops. Para fins de aquascaping, uma planta adulta pode fornecer um forte ponto de foco. A textura de folha e padrão de crescimento fornecem um contraste visual interessante para agrupamentos típicos de plantas de caule. Apesar de seu padrão de crescimento lento, ele requer níveis bastante elevados de luz e beneficiará de suplementação de CO2. Plantas grandes, saudáveis, eventualmente irão produzir um número de plantas de filha circunferencialmente todo o bulbo. Depois de formar três ou quatro folhas, cada um pode ser cuidadosamente esmiuçada afastado com seu próprio bulbo pequeno e sistema de raiz. A reprodução sexual também foi relatada, mas é muito menos comum.

A localização do aquário para esta planta deve ser selecionada com uma análise cuidadosa de seus requisitos de luz e eventual tamanho. Ele faz melhor quando permitido firmemente estabelecer-se. Movimentos frequentes ou sombreamento excessivo resultará em folhas ignoradas e um deficiente sistema de raiz. C. calamistratum é tolerante com água salobra levemente e pode fazer bem em água dura e macia. As folhas também são altamente resistentes ao pastoreio de peixes herbívoros.

A flor desta planta é um dos mais belos de todos os desportos aquáticos verdadeiros. Floração é mais facilmente conseguida em sistemas de alto-luz, de CO2 enriquecido com relativamente água mole. Quando em sua melhor forma, a planta produzirá um caule de flor que crescerá rapidamente do bulbo da superfície em questão de dias. Dois ou três surpreendentemente grandes flores aumentarão em caules delgados de um único alguns centímetros acima da água. Estas permanecerá abertas para cerca de uma semana. Flor pode ser observado sempre que cada quatro a seis semanas.



FONTES: aquaticplantcentral; TIVAMO; AQUAFLUX
Adaptado e traduzido por Vera Basílio dos Santos © Copyright 2011 ©
Voltar ao Topo Ir em baixo 

CRINUM CALAMISTRATUM

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce ::  Fichas Técnicas :: Plantas-