Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

Dermogenys pusilla

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Cinthia Emerich
avatar

Convidado Especial


Nome Real : Cinthia Emerich
Localização : Londrina - PR, Brasil
Mensagens : 69
Data de inscrição : 24/07/2009
Gostos : 7


MensagemAssunto: Dermogenys pusilla   Qua 08 Dez 2010, 01:26Responder ao tópico




Nome popular: Agulhinha, Agulhinha prata, Wrestling Halfbeak, Needle Gar
Nome científico: Dermogenys pusilla, Kuhl & Van Hasselt, 1823
Sinônimos: Dermogenys pusillus, Dermogenys burmanicus, Dermogenys siamensis
Família: Hemiramphidae
Origem: Largamente distribuído na natureza, encontrado na Índia, Myanmar, Tailândia, Laos, Camboja, Vietnã, Filipinas, Malásia e Indonésia.
Sociabilidade: grupos ou sozinho
pH: 7.0 a 8.0
Dureza da água: mole a média
Temperatura: 24ºC a 28ºC
Tamanho adulto: aproximadamente 5 (machos) a 7cm (fêmeas)

Alimentação: Carnívoro, na natureza a dieta é composta por vermes, crustáceos e insetos. É um peixe que se alimenta junto à superfície, então certifique-se de oferecer rações que flutuem por tempo suficiente para que o consumo seja garantido.

Dimorfismo Sexual: A nadadeira anal do macho é modificada (andropódio), ela é semelhante ao gonopódio dos poecilídeos e é utilizada com a mesma finalidade, auxiliar na cópula. Além disto, os machos possuem uma coloração vermelha na nadadeira dorsal que é bem mais intensa do que nas fêmeas. As fêmeas são maiores e possuem a nadadeira anal sem nenhuma modificação.

Comportamento: **** são comuns, sendo uma espécie extremamente territorial quando bem adaptada, já com os demais peixes são pacíficos e ativos, podem ser facilmente mantidos em aquários comunitários desde que os companheiros sejam compatíveis.

Reprodução:
Embora aconteça com certa frequência em aquários, a reprodução não é tão fácil de se obter como no caso dos poecilídeos. A dificuldade não reside em induzir a reprodução e sim na frequência com que as fêmeas liberam os alevinos antes do tempo, aparentemente isto está diretamente relacionado à nutrição do peixe - algumas pessoas apontam a deficiência de vitamina D como a causa para tal acontecimento. Sendo assim, certifique-se de oferecer uma dieta variada e de alta qualidade, outro fator de grande influência é o estresse.

O período entre a cópula e a liberação dos alevinos é altamente influenciado pela temperatura e pode variar de 3 a 6 semanas, os adultos não cuidam dos filhotes e irão comer os mesmos se tiverem a oportunidade, então devem ser separados deles. São liberados de 10 a 20 alevinos por vez.

Alimentos vivos de pequeno porte (microvermes, náuplios de artêmia, etc) e rações específicas devem ser oferecidas aos filhotes que, com o tempo, passam a aceitar alimentos cada vez maiores.

Recomenda-se usar filtro interno de espuma ou então colocar perlon na entrada de água do filtro externo para evitar sugar os filhotes quando em aquários próprios para reprodução.

Tamanho mínimo do aquário: 50 litros.

Outras Informações:
Uma vez que estes peixes passam a maior parte do tempo junto à superfície, os aquários que abrigam esta espécie devem dar prioridade à área de superfície em detrimento da altura. Sendo assim, o aquário ideal deve ser comprido e largo, não sendo necessariamente muito alto, deve possuir muitas plantas flutuantes e ser bem tampado, já que os agulhinhas são exímios saltadores.

Plantas dos gêneros Salvinia, Phyllanthus, Azolla, Pistia, Spirodela, Nymphaea, Nymphoides, Lemna, Ludwigia, Limnobium e outras flutuantes (livres ou fixas) são ideais para aquários com estes belos peixinhos.

Na natureza são encontrados em águas calmas, incluindo rios, campos alagados, lagos, lagoas e valas, sempre locais com vegetação flutuante em abundância. Podem inclusive serem observados em águas levemente salobras em torno de mangues durante a estação das chuvas.

O nome popular em inglês, "Wrestling Halfbeak", é referente ao formato da mandíbula destes peixes, a parte superior possui cerca de metade - ou até menos - da parte inferior em comprimento ("meio bico"), além disso, os machos costumam lutar entre si utilizando justamente a boca como arma. É inclusive muito utilizado como peixe de luta em alguns de seus países de origem.


Cinthia Emerich

Ficha Original

-- Assinatura --
Cinthia Emerich
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Dermogenys pusilla

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Destaques PeixeFauna :: Sekaiscaping-