Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

Apistogramma steindachneri (Regan, 1908)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Vera Santos
avatar

Old SchoolPeixeFaunaOld SchoolPeixeFauna


Localização : Estoril, Portugal
Mensagens : 11608
Data de inscrição : 27/12/2009
Gostos : 499


MensagemAssunto: Apistogramma steindachneri (Regan, 1908)   Seg 20 Set 2010, 20:26Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Apistogramma steindachneri (Regan, 1908)



Descrição

Regan , 1908
Os peixes que pertencem ao grupo que está steindachneri incluindo um médio a grande , um alto e comprimido lateralmente corpo. A forma eo lugar alto o suficiente para as tarefas características medio lateral também
Dentro do grupo, steindachneri Apistogramma distingue-se pelo seu tamanho grande (9 cm para os machos) e um padrão de melanina muito bem: a tarefa é um pouco medio extensão lateral , delimitado na linha lateral , não é? não atingindo a base nadadeira dorsal e travessas parece dividida, especialmente na parte traseira do corpo. C? é, aliás, a única espécie do grupo em que os machos são claramente uma lira acaso.

Distribuição geográfica
Espécies da parte oriental do escudo da Guiana , ele é cotado para o leste da Venezuela , Guiana e Suriname.

Habitat
Água mato e floresta durante lentos de areia moderadamente rápidos , folhas, madeira e molde um pouco da vegetação ciliar.
A água é fortemente marcadas e ligeiramente mineralizada :
Carolinakreek um afluente do rio Suriname Bacia onde medimos a condutividade da 58μS . cm-1 para 25,6 ° C



Espécies encontradas :
Nannacara anomala , Krobia guianensis , cf crenicihla . Saxatilis , agilae Rivulus , striata Carnegiella Characidae vários pequenos ?

Manutençao em aquario
Seu tamanho grande e um polígamo novato exigem um depósito mínimo de 1m da fachada de um trio.
A água doce , laranja , escondendo-se decorados com pedaços de madeira , metade de coco pericarpo fornecer-lhe um ambiente adequado .
TPA's regulares são necessárias para manter os níveis de nitrato de baixo o suficiente .
A escolha de companheiros de quarto são tranquilos boca pequena (o neon como Characidae, Hemigrammus sao muito capazes de devorar a desova.

Reprodução

A reprodução é mais fácil se as condições de manutenção correta. Este apisto tem uma forte tendência para Apisto polígamo .



A experiência pessoal


A primeira tensão é de um afluente do rio Suriname e evolui para uma L 760 ( 2,30 m) com Pterophyllum cf. scalare , Geophagus surinamensis , Cleithracara maronii , anomala Nannacara... Eu deixei um casal de um ano e meio depois de quinze anos de todos os tamanhos a crescer no tanque



A segunda tensão é menos típico , pois os machos têm caudal em forma de lira , mas o corpo é mais colorido (uma das múltiplas formas de transição A. Rupununi - A steindachneri ?)



"Gigantes "entre os "anões" eles sabem muito bem valer e as femeas manteem e vigiam a desova apesar da presença de peixes maiores ( às vezes isola-lo um casal em um tanque de 80 L para manter mais pequenos). A água da torneira com condutividade de 60-100 μS.cm -1 nos escaninhos do terraço , onde a temperatura oscila entre 27 e 29 ° C.

A manutenção geral do tanque pode observar toda a gama do comportamento deste peixe ( a poligamia , a hierarquia entre as femeas , o papel feminino ao cuidar de dos alevins.

Escrito por Fabien N


Traduzido por Vera Santos em Julho de 2010
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Apistogramma steindachneri (Regan, 1908)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce :: Fichas Técnicas :: Peixes-