Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

Apistogramma SP."Abacaxis" (A227 - A228)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Vera Santos
avatar

Old SchoolPeixeFaunaOld SchoolPeixeFauna


Localização : Estoril, Portugal
Mensagens : 11608
Data de inscrição : 27/12/2009
Gostos : 499


MensagemAssunto: Apistogramma SP."Abacaxis" (A227 - A228)   Qui 02 Set 2010, 21:40Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.


Macho Apistogramma SP. "Abacaxis


Fêmea Apistogramma SP. "Abacaxis

Família: Cichlidae

Apistogramma SP."Abacaxis" (A227 - A228) é uma espécie do grupo de agassizii epulchra .

Distribuição geográfica:

É um exemplar muito bonito e interessante do complexo de Apistogrammas. Esta espécie foi descoberta pela primeira vez em 1999 no Lago Glemende perto da aldeia de Walendo na bacia intermédia do Rio Abacaxis, no Amazonas. No meio da selva o Lago Glemende, é um afluente do Rio Abacaxis por um pequeno Igarapé.

Igarapé: é um termo utilizado pelos indígenas naturais da Amazónia para definir um lago muito pequeno que se prolonga pela floresta. Igarapés são bastante diferentes dos riachos da floresta que conhecemos e existem nas florestas temperadas. Eles costumam ser muito longos e podem percorrer centenas de quilómetros no meio da floresta. Nas partes mais vastas, os igarapés levam-nos até lagos escondidos e calmos, de pouca correnteza, cobertos de árvores e por vezes sem corrente perceptível.

Apistogramma SP. Abacaxi foi descoberto por Horst Linke e Mario Wilhelm e Linke.

As espécies introduzidas para o sub-grupo sob o nome de Apistogramma SP. Wilhelmi. Hoje, esse nome é amplamente utilizado, mas muitos aquariofilistas estão a levar a cabo uma tentativa séria de usar o nome "Abacaxis" em vez de "Wilhelmi". As razões para isso são muito diferentes do que muitos que acreditam. O verdadeiro problema com o nome Wilhelmi é que o nome soa como se fosse uma espécie cientificamente descrita.

As regras de nomenclatura de peixes são muito rígidas e há um risco que, usando o nome de Apistogramma sp ' "Abacaxis" os machos que exibem tonalidades de cores muito belas. Quando se tornam adultos, eles intensificam as suas cores e as fêmeas tornam-se muito espectaculares,por isso o nome "Wilhelmi" no nosso hobby poderia desaparecer e deixar de ser utilizado como o nome científico quando a espécie é descrita. Por isto, muitos estão a incentivar o uso de "Abacaxis" para preservar o nome de "Wilhelmi" para uso no último nome científico.

pH: 6,0 a 6,7

Temperatura: 24 a 27oC

Os lábios roxos e garganta deste macho SP. "Abacaxis" são uma característica muito visível da espécie Wilhelm e Linke. Eles observaram que o Lago tinha umas cores muito interessantes, a sua água era um pouco enlameada de um castanho-escuro derivando noutras cores. A água era muito macia, medindo dGH inferior a 1. O pH era bastante ácido 3.9 e a água estava muito quente. Nestas águas existiam muito poucos espécimes.

As primeiras importações dos SP. "Abacaxis" vieram da Alemanha, e dos Estados Unidos e do Japão em 2000 através de vários importadores.

A estação seca nesta parte da Amazónia ocorre no Inverno e esporadicamente aparecem alguns exemplares selvagens desta espécie que são apanhados em Janeiro e Fevereiro. No entanto, não é uma espécie comum normalmente recolhida ou importada, então não espere encontrar peixes selvagens regularmente. Tanques de espécimes levantados muitas vezes estão disponíveis, mas são geralmente bastante caros, porque não se trata de um peixe fácil para produzirem em massa.

Tamanho adulto: 5 cm

Dimorfismo sexual:

Os machos de Apistogramma SP. "Abacaxis" são geralmente fáceis de identificar como os machos adultos têm lábios muito coloridos, obviamente, escuros e a garganta. A cor pode variar de vermelho a castanho ou preto, mas os formulários com os lábios roxas escuros são especialmente bonitos. O outro recurso diagnóstico é ampla faixa lateral que é duas linhas de largura e possui a nadadeira dorsal mais desenvolvida.

Esta banda larga é a característica proeminente das fêmeas. Os contrastes de ampla faixa preta contra a cor do corpo amarelo brilhante desta fêmea Apistogramma SP. "Abacaxis" Como seria de esperar das águas que habitam no estado selvagem, a. SP."Abacaxis" dá-se melhor na água ácida muito suave. Muitos criadores têm relatado que a desova é difícil de ser bem sucedida, pois o pH tem de ser ajustado para 4.0. Estas são as condições extremas e é difícil de manter condições estáveis nestes níveis de pH. Tiveram algum sucesso com esta espécie em valores de pH ligeiramente mais altos, mas nunca tiveram muito sucesso.

Criadores na Alemanha relataram que esta espécie é especialmente propensa a sexo inclinadas rações com temperaturas de 80F ou superior produzindo quase sempre machos. Os mesmos relatórios dizem queas relações entre o sexo e a temperatura de 79F ficarão equilibrados. Os factores que determinam o sexo do Apistogramma estão mal esclarecidos, mas lá é, sem dúvida, que essa temperatura desempenha um papel importante.

Reprodução:

Ovípara, ocorre com certa facilidade em cativeiro.

A reprodução do Apistogramma SP. "Abacaxis" não é muito difícil, se se propuser a mantê-los como faria com qualquer outro Apisto. Dar-lhes bom habitat e alimentos com muitos tpa’s. São razoavelmente pacíficos quando mantidos em um grupo de dez adultos dos sexos mistos. No entanto, não há nenhuma reprodução neste tipo de aquários comunitários.

Comportamento:

Territorial,pode tornar-se agressivo com peixes territoriais do mesmotamanho.

Num aquário será bom manter umcasal ou um trio para reprodução. Os machos podem ser duros com as fêmeas, eestas nem sempre estarão receptivas ao acasalamento.

Alimentação:

Ração, artêmia salina, branchonetas, tubifex etc.

Estes apistos prontamente alimentam-se de alimentos congelados e vivos mas também aceitam flocos, podendo ser alimentados alternadamente com uns e outros alimentos sem qualquer dificuldade.

Aquário mínimo recomendado:

Apistogramma sp '"Abacaxis" é um peixe muito bonito. Os lábios surpreendentemente coloridos e garganta de machos adultos é muito original e de resto de suas cores de corpo só aumentam o efeito. Eles são um excelente peixe para criadores de Apistos experientes e apresentam um desafio para quem se atreve a criá-los.

Embora raramente, vistos em lojas de animais são esporadicamente disponíveis por criadores privados e encontram-se na lista dos apistos favoritos de muitos admiradores como eu.

Adaptado e traduzido por Vera Santos em Julho de 2010.

Referências:

Fish Base; DCG; Apisto.sites.no

Divirtam-se!
Video:

Voltar ao Topo Ir em baixo 

Apistogramma SP."Abacaxis" (A227 - A228)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce :: Fichas Técnicas :: Peixes-