Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

Pseudomugil gertrudae

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Nuno Duarte
avatar

FundadorPeixeFauna
FundadorPeixeFauna


Nome Real : Nuno Duarte
Localização : Soalheira e Viseu
Mensagens : 3376
Data de inscrição : 25/05/2008
Gostos : 79


MensagemAssunto: Pseudomugil gertrudae   Ter 11 Maio 2010, 21:18Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.


Pseudomugil gertrudae [Jardine River] - photo© Neil Armstrong

Pseudomugil gertrudae
Weber, 1911
Spotted Blue-eye

Descrição

Gertrudae Pseudomugil é um peixe pequeno de água doce, que pode ter como tamanho máximo de cerca de 30 mm e é endémico na Austrália e Nova Guiné.
Eles têm um corpo moderadamente alongado e uma cor semi-transparente azul-prateado, às vezes tendo uma lavagem geral de amarelo-dourado.
Têm duas barbatanas dorsais, muito próximas umas das outras, a primeira muito menor do que a segunda.
As pontas das nadadeiras peitorais podem ser amarelas, laranja ou vermelho-laranja, muitas vezes com as bordas brancas.
A barbatana dorsal e anal podem ser claras ou brancas, cinza-prateado ou amarelas com arredondamentos ou oblongos manchas escuras espalhadas. Várias linhas de escamas do corpo são demarcados em preto formando um padrão de treliça atraente sobre o corpo.
As fêmeas geralmente têm um corpo mais profundo do que os machos, enquanto os machos adultos têm uma barbatanas dorsal, anal e pélvica barbatanas maiores, com filamentos estendida na primeira nadadeira dorsal e nadadeiras pélvicas. Os machos apresentam manchas mais intensas pelo corpo e nadadeiras. Esta espécie tem uma distribuição desigual, há bastante variação entre as diferentes populações de coloração e tamanho do corpo, assim como o tamanho e forma da nadadeira.


Pseudomugil gertrudae [Weipa] - photo© Gunther Schmida

Em Arnhem Land uma forma agradável com cores douradas no corpo ocorre na Lagoa Goanna enquanto não longe do rio Giddy o peixe possui barbatanas maiores e com manchas maiores. As amostras coletadas na região de Darwin normalmente têm barbatanas peitorais de laranja. Existem muitas outras formas para este belo peixe. Pseudomugil gertrudae das Ilhas Aru são maiores e têm uma cor uma marcacão dourada (barbatanas e corpo). Até à data não houve pesquisa publicada sobre as características genéticas ou físicas de diferentes grupos da população.

gertrudae Pseudomugil é muito semelhante aos das espécies endémicas de Nova Guiné, Paskai Pseudomugil. Ambas as espécies são caracterizadas por linhas de manchas permanentes que cobrem as barbatanas. As únicas diferenças sendo a cor e a forma das nadadeiras. gertrudae Pseudomugil foram originalmente coletadas Terangan Island (uma das ilhas Aru), que fica directamente ao sul da Península Vogelkop no oeste de Nova Guiné. Eles foram descritos por Carl Wilhelm Max Weber, professor de Zoologia da Universidade de Amesterdão em 1911 e denominado "gertrudae" depois da esposa de Dr. Hugo Merton, um naturalista alemão que percorreu as Ilhas Aru, entre Outubro de 1907 e agosto 1908.


Pseudomugil gertrudae [Bathurst Island] - photo© Neil Armstrong

Distribuição e Habitat
Na Austrália, gertrudae Pseudomugil foi encontrado em localidades dispersas em sistemas de rios que desaguam no Mar de Timor e do Golfo de Carpentaria - a partir de Darwin através de Kakadu e Arnhem Land à Península do Cabo York, incluindo as ilhas offshore de Bathurst, Melville e Eylandt Groote, além de algumas das ilhas do Estreito de Torres. Eles são disseminados em toda Península do Cabo York, estendendo-se as planícies costeiras do leste ao redor do Innisfail - região Tully. A distribuição conhecida de Nova Guiné inclui as Ilhas Aru, a Pahoturi, Fly e sistemas Bensbach (Torassi) do rio. Eles provavelmente ocorrer em qualquer lugar ao longo da costa sul da Nova Guiné que tem habitat adequado.

Sua distribuição conhecida no Brasil inclui o Adelaide, Jacaré, Blyth, Buckingham, Cadell, Cato, Daly, Finniss, Liverpool, e os sistemas de Moyle River no Território do Norte, incluindo as bacias menores em torno de Darwin. Em Queensland, foram encontrados no Barron, Coen, Dulhunty, Embley, Endeavour, Jacky Jacky, Jardine, Johnstone, McIvor, Moresby, Mulgrave, Murray, Olive, Russell, Tully e Wenlock Rios, além do menor litoral córregos. Eles também têm sido encontradas em lagos oligotróficos na região e de Cabo Flattery Shelburne Bay.



Pseudomugil gertrudae [Wenlock River, Qld] - photo© Leo O'Reilly

Gertrudae Pseudomugil são encontrados em pequenos riachos, lagoas, billabongs, pântanos alagados floresta e riachos, muitas vezes associada com vegetação aquática densa, galhos e troncos e folhiço. Eles são encontrados quase exclusivamente nas lagoas com vegetação e remansos com água limpa, onde podem ser vistos nadando nas águas rasas ao longo das margens. Substratos são geralmente lama ou lodo, e há uma abundância de plantas aquáticas crescendo à superfície ao redor das margens. Às vezes, eles podem ter as plantas a crescer e, águas mais profundas . As lagoas, muita das vezes têm uma espessa camada de serpilheira a volta das margens. Eles raramente são encontrados nas lagoas de agua turva.

A água em alguns habitats é muitas vezes intensa a descoloração por ácidos tânico lixiviados de vegetação em decomposição. Estes habitats "Blackwater" são geralmente ácidos, com níveis de pH 3,9-6,8, têm baixa condutividade (íons dissolvidos), e variam em sua matéria orgânica dissolvida, composição iônica e cor. Alcalinidade e dureza os níveis são muito baixos. Factores que contribuem para essas variações são a idade, formação, as camadas de baixa permeabilidade e turfas, a proximidade com o mar, a vegetação circundante, e na medida em que sepilheira acumula e se decompõe em água.
No entanto, as condições de habitat podem variar substancialmente e gertrudae Pseudomugil foram coletados a partir de habitats naturais dentro da seguinte gama de condições da água:

Temperatura: 12 a 34 ° Celsius
pH : 5 a 8
Dureza: 0 a 320 ppm


Pseudomugil gertrudae [Cadell River, NT] - photo© Dave Wilson

Literature
Allen G. R. (1980). A Generic Classification of the Rainbowfishes (Family Melanotaeniidae). Records of the Western Australian Museum 8 (3): 449-490.

Allen, G.R. (1989). Freshwater fishes of Australia. T.F.H. Publications, Inc., Neptune City, New Jersey.

Allen, G.R. (1991). Field guide to the freshwater fishes of New Guinea. Christensen Research Institute, Madang, Papua New Guinea.

Allen, G.R., S.H. Midgley and M. Allen (2002). Field guide to the freshwater fishes of Australia. Western Australian Museum, Perth, Western Australia.

Merrick, J. R., and G. E. Schmida (1984). Australian freshwater fishes: biology and management. Griffin Press, Netley, South Australia.

Saeed B., W. Ivantsoff, and G. R. Allen (1989). Taxonomic revision of the family Pseudomugilidae (Order Atheriniformes). Australian Journal of Marine and Freshwater Research 40: 719-787.

Weber, M. (1911). Die Fische der Aru- und Kei-Inseln. Ein Beitrag zur Zoolographie dieser Inseln. Abhandlungen der Senckenbergischen Naturforschenden Gesellschaft Frankfurt-a.-M. 34: 1-49, Pls. 1-2.

Yearsley, G. K., Last, P. R., and Hoese, D. F. (2006). Standard Names of Australian Fishes. CSIRO Marine and Atmospheric Research, Australia.

© Copyright Adrian R. Tappin
Updated December, 2008.

Texto original

Texto traduzido por David Nunes
Direitos de tradução reservados - www.peixefauna.com
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Pseudomugil gertrudae

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce :: Fichas Técnicas :: Peixes-