Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

Betta Crowntail

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Nuno Duarte
avatar

FundadorPeixeFauna
FundadorPeixeFauna


Nome Real : Nuno Duarte
Localização : Soalheira e Viseu
Mensagens : 3516
Data de inscrição : 25/05/2008
Gostos : 91


MensagemAssunto: Betta Crowntail   Qua 09 Set 2009, 22:52Responder ao tópico

Betta Crowntail

O que é um Crowntail?

Aqui os raios da cauda se estendem além da borda da cauda, produzindo uma aparência de coroa (algumas vezes denominado como "Combtail").

Quanto os raios podem se estender depende da construção genética do peixe. O traço (gene) crowntail pode ser encontrado em bettas de qualquer tipo e formato de cauda.

Por exemplo pode ser visto em VT, D, SD, HM (CTHM = half-sun) e DT. O gene crowntail é recessivo (ou realmente intermediário), mas portadores singletail na maioria das vezes já mostra mais ou menos raios estendidos além da borda da cauda.

Genética Crowntail

Um betta singletail normal é representado por: ctct

O betta crowntail é homozigoto para o gene crowntail (CT) e é representado por: CTCt

O betta singletail que é portador do gene crowntail é então representado por: CTc





- Quando um macho crowntail (CTCT) é cruzado com uma fêmea singletail (ctct), a prole será 100% singletail e portador do gene crowntail (CTct).
- Quando um macho singletail portador de crowntail (CTct) é cruzado com uma fêmea singletail portadora de crowntail (CTct), a prole será 25% crowntail (CTCT), 50% singletail e portador do gene crowntail (CTct) e 25% singletail (ctct).
- Quando um macho crowntail (CTCT) é cruzado com uma fêmea crowntail (CTCT), a prole será 100% crowntail (CTCT).


Então, existe uma diferença entre reproduzir e aumentar um bom crowntail comparado com, digamos, um Halfmoon?

De acordo com Phil Ngo de Singapore, basicamente não existem diferenças significantes no processo de reprodução. 'Os (criadores) devem ser bem condicionados para a presença de cada um, ele disse.

Isto pode ser feito colocando uma separação entre macho e fêmea, pode ser um compartimento ou um frasco adicional.

Deixe-os juntos por uns 2 a 3 dias antes de soltá-los juntos. Entretanto, é importante observar se ambos os bettas estão em condições de reproduzir antes de soltá-los.

Isto é geralmente evidente para o macho construindo o ninho e a fêmea escurecendo e mostrando as listras. Se um ou o outro não apresentar estes traços, é recomendável abortar a reprodução por existir um risco de se perder um ou o outro.'

Mas e sobre a reputação de aumento da agressividade quando se está reproduzindo CT? O temperamento do CT está ligado apenas no gene, ou existem outros fatores que devem ser considerados?

É totalmente normal para o macho CT ser muito mais agressivo do que os HMs porque eles não carregam a carga que o HM normalmente carrega nas suas nadadeiras, principalmente a caudal', explica Ngo.

Desta forma, os CTs são muito mais rápidos nadadores, mas a natureza irá tomar seu curso se o par estão propriamente condicionados, e a fêmea normalmente irá sobreviver ao cruzamento.'

Crescendo CrownTails

Então você puxou o gatilho e colocou seu melhor par CT juntos, e agora está orgulhoso por estar com um tanque cheio de novos alevinos. Bem, parabéns! E agora? Os CTs necessitam condições especiais de água? PH? Aditivos? Eles têm necessidades diferentes de dieta? O que é tudo isso 'ondular'?

É extensamente reconhecido que o melhor CT do mundo vieram da Indonésia, e tem metade da verdade quando se atribui isto pela "Água Mágica da Indonésia". Não se consegue nada nos bettas para ser pego como garantido, podemos analisar esta questão como se segue:

A água da cidade da Indonésia é geralmente mole, registrando 3 no teste de dureza geral e dureza de carbonato. O local de coleta de água são em áreas montanhosas de Bogor. Especulativamente, a superioridade legendária da água da Indonésia pode ser porque não existem indicações de cavernas calcárias na região ocidental de Java.

Água da região montanhosa no ocidente de Java é composta de depósitos aluviais, especialmente nas áreas ao redor de reservatórios. Água em Jakarta, em particular, tem a reputação de ser boa para crowntails.

Juntamente com água mole, espaço e consistência são ingredientes chaves para reproduzir CTs de qualidade. Mais do que o HM, Crowntails necessitam qualidade da água ideal mantida por toda sua vida, ou eles irão ficar com raios ondulados, a regra #1 dos criadores de CT.

Qualidade da água é melhor mantida em vasos maiores, e a grande maioria dos criadores de CT não recomendam nada menor que tanques de 2.5 galões por macho, com trocas regulares de água e muita atenção aos perímetros.

Os prolongamentos frágeis do CT são particularmente vulneráveis a diferenças de pH, balanços e nitrato/amônia e irão rapidamente se deteriorar no formato se as condições ótimas não forem mantidas.

Outro fator importante em desenvolver bons Crowntails é a comida. Todos os criadores em Jakata usam alimentos vivos para seus bettas, e um em particular compartilhou seu método de alimentação de alevinos CT: Quando os alevinos saem do ovo, nenhuma alimentação é fornecida exceto as naturais derivadas de plantas, como a alface da água. Dáfnias é fornecida após 1 semana de idade. Então quando o alevino está com 1 mês de idade são alimentados com TBW (Tubifex). TBW são fornecidos aos alevinos duas vezes ao dia até 2 meses de idade, em pequenas proporções. Uma vez que os alevinos estão acima de 2 meses, são alimentados 1 vez com TBW.

A segunda alimentação é fornecido larva de mosquito (ML). Uma vez que os alevinos estão com 3 meses de idade, eles são alimentados 1 vez por dia com ML. Existe maior uso de Daphnia, TBW e ML porque eles são basicamente de graça – Presente da natureza para criadores de betta. Bloodworms são raramente usados porque não são abundantes em Jakata.

Nós mencionamos anteriormente o Bane dos criadores de CT: Raios Ondulados. Sim, ondulações no CT ocorrem na Indonésia também, apesar das condições da água. Meu guru indonésio professou que tem a ver com a água estar muito fria ou fresca.

Seja o que for, no primeiro sinal de ondulação, o primeiro tratamento a ser administrado é usar o Sol. Simplesmente exponha o betta afetado à luz do Sol por meia hora ao dia. Se o peixe estiver num vaso muito pequeno, monitore a água para garantir que não superaqueça.

Um tratamento mais eficiente, entretanto, é o apresentado pelo anteriormente citado Phil Ngo: Um sistema de fluxo de água. Phil afirma que de alguma forma o fluxo na água ajuda na prevenção de ondulações dos raios.

Vamos começar fornecendo uma definição do que um bom CT deve parecer, usando o novo Padrão IBC Crowntail publicado na edição de Março/Abril 2004 da revista Flare! como uma forma de referência. Deve-se ter em mente que o padrão só se aplica aos betas macho CT; fêmeas são julgadas na classe de padrão de cor para seus respectivos tipos de cor.

Para a finalidade de mostrar na classe do CT, Crowntails são definidos como bettas exibindo pelo menos 33% de redução da "pele" com relação ao comprimento do raio nas três nadadeiras primárias (caudal, anal e dorsal).

Esta exigência deve ser demonstrada nas três nadadeiras primárias porém não precisa aparecer entre todos os raios para obter a mínima exigência para ser classificado como um betta Crowntail.

Raio simples: No 'SR' CT, as bordas são, idealmente, uniformes e a redução da "pele" é igual entre raios primários e os raios com ramificações.

Raios Transversais: O cruzamento dos raios ('CR') é manifestado por pares de prolongamentos de raios que se curvam uns sobre os outros.

Raio Duplo: No 'DR' CT, a "pele" é reduzida nos dois níveis, um entre o par de raios e o outro, mais profundo, entre dois raios filiais. Criadores colocam um prêmio nos Crowntails com prolongamento double-ray e 4 ray. Estes traços devem ser considerados como neutro e não devem ser apontados acima como Crowntails de prolongamento single ray. Quatro raios e mesmo oito raios de prolongamento são menos comum e o efeito é quase sempre obtido apenas na nadadeira caudal.

Raio Duplo Duplo: 'DDR' é raio duplo duplo, tendo um prolongamento de ramificação de 4 raios.

Raio Aleatório: O termo 'RR' basicamente significa que a propagação caudal tem misturado raio simples, raio duplo, 3 raios e 4 raios de prolongamento. Este é usado para descrever aqueles que não tem um padrão fixo de prolongamento de raios.

Com o objetivo de julgar o CT na exibição seccionada do IBC, estes são os traços desejados pelos juízes para serem observados:

1. Redução mínima de 33% da "pele" para as nadadeiras primárias. Redução de 50% na "pele" de todas as três nadadeiras primárias é o ideal.
2. Prolongamento dos raios uniformes em balanço, comprimento e espaçamento (simétrico).
3. Prolongamentos de raio duplo e quátruplo nas nadadeiras dorsal e anal para os que tem este prolongamento na nadadeira caudal.

Traços indesejáveis para os Crowntails:

1. Menos de 33% de redução da "pele" em 2 ou nas 3 nadadeiras primárias é uma falta desclassificatória.
2. Menos de 33% de redução na "pele" em 1 nadadeira primária é uma falta severa.
3. Prolongamentos de diferentes comprimentos é uma falta menor a não ser que ocorra em padrões repetidos.
4. Raios aleatórios, por exemplo, raios de protuberância simples num Crowntail raio duplo ou quádruplo, não sendo considerado mais do que uma falta menor e ignorado se só tem uma única situação.
5. Prolongamentos ondulados ou quebrados são ambos faltas menores.
6. Espaços não simétricos entre prolongamentos são faltas menores.

Padrões IBC - Padrão Crowntail


O escopo deste padrão está limitado ao julgamento do Betta Crowntail macho. Crowntails fêmeas são julgadas na classe de padrão de cor para seus respectivos tipos de cores (e nadadeiras).

Descrição:

Crowntail é um tipo de betta doméstico de "nadadeira com franja" (Betta Splendens) tendo raios que se prolongam significativamente além da membrana da nadadeira.

A membrana de suporte entre os raios das nadadeiras é reduzido e os raios protuberantes passam a borda da membrana.

O resultado é uma aparência SCALLOPED (Ver capítulo 5 Padrões Gerais) ou a aparência de raios hiper-prolongados como é visto no Crowntail que tem a membrana substancialmente reduzida.

O Crowntail não é o mesmo que o "Combtail" ou apenas outro betta de membrana com franja. Deve ser enfatizado que bettas de membrana com franja podem e devem ser mostrados em outras classes de cor não contam contra eles.

Definição:

Para o propósito de julgamento e colocação nesta classe, Crowntails devem ser definidos como bettas exibindo pelo menos 33% de redução da membrana com relação ao comprimento do raio em CADA uma das três nadadeiras primárias (caudal, dorsal e anal).

Esta exigência deve ser demonstrada em todas as três nadadeiras primárias mas NÃO necessita estar presente em TODOS os raios para atender a exigência mínima e ser classificado como Betta Crowntail.

Ilustração:

A figura abaixo (foto de Ernie Perez) mostra o cumprimento das exigências básicas. Neste peixe, as nadadeiras pélvicas demonstra um >50% de redução da membrana.




Para cada nadadeira, as linhas com setas têm exatamente o mesmo comprimento. A linha da base da nadadeira até o final da membrana tem o mesmo comprimento da linha imediatamente após, demonstrando >50% de redução da membrana.

No caso da nadadeira dorsal e caudal, a porção prolongada do raio é 2 vezes maior que o comprimento da porção cercada pela seção com membrana.

A figura abaixo (foto de Jeff Hiller) mostra um peixe com raios prolongados que não pode ser classificado como um Crowntail. A redução da membrana não é suficiente em nenhuma das três nadadeiras primárias.

Um peixe com esta ligeira quantidade de redução de membrana deve ser exibido em uma classe diferente da Crowntail onde raios prolongados não contam contra ele em razão ao fato de que as três nadadeiras primárias não são similares.




Tipos de Crowntail:

A ilustração abaixo (figura desenhada por Gene Lucas) mostra variações na redução da membrana normalmente exibidos nos Crowntails.





Raio Duplo: a membrana é reduzida em dois níveis: um entre um par de raios e o outro, mais profundo, entre duas filiais de raios. Criadores valorizam os Crowntails de raio duplo e quádruplo.

Estes traços são considerados como neutros e não devem ser considerados como acima dos Crowntails de raio simples. Prolongamentos de 4 raios e mesmo 8 raios são menos comuns e o efeito está geralmente restrito à nadadeira caudal.

Raio Simples: as bordas das membranas são, idealmente, uniformes e a redução da membrana é igual entre os raios primários e os raios com filiais.

Raio Cruzado: manifestado por pares de prolongamento de raios que se curvam um sobre o outro.

Considerações Especiais para Julgamento de Crowntails:

Traços desejados para Crowntails:

1. Mínimo de 33% de redução da membrana para cada nadadeira primária. 50% de redução da membrana nas três nadadeiras primárias é o ideal.
2. Prolongamento dos raios devem ser uniformes no balanço, comprimento e espaçamento (simetria).
3. Prolongamentos de raios duplos e quádruplos nas nadadeiras dorsal e anal para os que o tem na nadadeira caudal.

Traços indesejáveis para Crowntails:

1. Menos de 33% de redução da membrana em 2 ou 3 nadadeiras primárias é DESCLASSIFICATÓRIO
2. Menos de 33% de redução da membrana em 1 das nadadeiras primárias é uma falta SEVERA.
3. Prolongamentos de comprimentos diferentes é uma falta MENOR a menos que os raios estejam mantendo um padrão repetitivo.
4. Raios aleatórios, por exemplo, Crowntail com protuberância simples em um raio duplo ou quádruplo, não pode ser penalizado mais do que uma falta MENOR e ignorado se for apenas um único caso.
5. Prolongamentos ondulados ou quebrados são uma falta MENOR cada.
6. Espaços assimétricos entre prolongamentos são uma falta MENOR cada.

Além dos "Traços Desejados" anteriores, o Padrões Gerais expostos no Capítulo 5 são aplicáveis aos Crowntails.

Nadadeira ondulada, ideal 180º de abertura para a nadadeira caudal, requerimento mínimo de tamanho, etc, são cobertos pelos Padrões Gerais.

Até mesmo traços de cores esboçado nos Padrões Especiais são aplicáveis aos Crowntails.

Peixes que se classificam como Crowntails, como definido nestes Padrões, DEVEM ser mostrados como Crowntails em uma exposição internacional do IBC.

Definindo um Bom Crowntail:



Reconhecimento dado por Phil Ngu como sendo um 'crowntail ideal' em tamanho e forma, este macho demonstra o traço Cross Ray (Raio Transversal). Peixe de Malcolm.

Vamos começar fornecendo uma definição do que um bom CT deve parecer, usando o novo Padrão IBC Crowntail publicado na edição de Março/Abril 2004 da revista Flare! como uma forma de referência. Deve-se ter em mente que o padrão só se aplica aos betas macho CT; fêmeas são julgadas na classe de padrão de cor para seus respectivos tipos de cor.

Para a finalidade de mostrar na classe do CT, Crowntails são definidos como bettas exibindo pelo menos 33% de redução da “pele” com relação ao comprimento do raio nas três nadadeiras primárias (caudal, anal e dorsal).

Esta exigência deve ser demonstrada nas três nadadeiras primárias porém não precisa aparecer entre todos os raios para obter a mínima exigência para ser classificado como um betta Crowntail.

Raio simples: No 'SR' CT, as bordas são, idealmente, uniformes e a redução da “pele” é igual entre raios primários e os raios com ramificações.

Raios Transversais: O cruzamento dos raios ('CR') é manifestado por pares de prolongamentos de raios que se curvam uns sobre os outros.

Raio Duplo: No 'DR' CT, a “pele” é reduzida nos dois níveis, um entre o par de raios e o outro, mais profundo, entre dois raios filiais. Criadores colocam um prêmio nos Crowntails com prolongamento double-ray e 4 ray. Estes traços devem ser considerados como neutro e não devem ser apontados acima como Crowntails de prolongamento single ray. Quatro raios e mesmo oito raios de prolongamento são menos comum e o efeito é quase sempre obtido apenas na nadadeira caudal.

Raio Duplo Duplo: 'DDR' é raio duplo duplo, tendo um prolongamento de ramificação de 4 raios.

Raio Aleatório: O termo 'RR' basicamente significa que a propagação caudal tem misturado raio simples, raio duplo, 3 raios e 4 raios de prolongamento. Este é usado para descrever aqueles que não tem um padrão fixo de prolongamento de raios.

Com o objetivo de julgar o CT na exibição seccionada do IBC, estes são os traços desejados pelos juízes para serem observados:

1. Redução mínima de 33% da “pele” para as nadadeiras primárias. Redução de 50% na “pele” de todas as três nadadeiras primárias é o ideal.
2. Prolongamento dos raios uniformes em balanço, comprimento e espaçamento (simétrico).
3. Prolongamentos de raio duplo e quátruplo nas nadadeiras dorsal e anal para os que tem este prolongamento na nadadeira caudal.

Traços indesejáveis para os Crowntails:

1. Menos de 33% de redução da “pele” em 2 ou nas 3 nadadeiras primárias é uma falta desclassificatória.
2. Menos de 33% de redução na “pele” em 1 nadadeira primária é uma falta severa.
3. Prolongamentos de diferentes comprimentos é uma falta menor a não ser que ocorra em padrões repetidos.
4. Raios aleatórios, por exemplo, raios de protuberância simples num Crowntail raio duplo ou quádruplo, não sendo considerado mais do que uma falta menor e ignorado se só tem uma única situação.
5. Prolongamentos ondulados ou quebrados são ambos faltas menores.
6. Espaços não simétricos entre prolongamentos são faltas menores.

Artigo cedido pelo Agostinho Monteiro criador Brasileiro a ele o meu muito obrigado.
pode visitar o seu site aqui:Link do artigo original

-- Assinatura --
Montagens:
DragonRoot II
Voltei novamente
Corysland
Dragonroot I

Se queres que comentem o teu tópico, tenta comentar o dos outros membros Wink
AdminístradorPeixeFauna


Última edição por Nuno Duarte em Qui 10 Set 2009, 23:06, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Cláudia Araújo
avatar

PeixeFauna
 PeixeFauna


Nome Real : Cláudia Araújo
Localização : Ponte de Lima
Mensagens : 1686
Data de inscrição : 10/04/2008
Gostos : 114


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qua 09 Set 2009, 23:54Responder ao tópico

Muito bom, mesmo Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Rui Rocha
avatar

PeixeFauna
 PeixeFauna


Localização : Oliveira do Hospital - Odivelas
Mensagens : 834
Data de inscrição : 06/01/2009
Gostos : 68


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qui 10 Set 2009, 08:12Responder ao tópico

Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo 

morgado
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Localização : São Vicente - São Paulo - Brasil
Mensagens : 5
Data de inscrição : 14/09/2009
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qui 17 Set 2009, 07:15Responder ao tópico

Parabens,muito boa materia,penso que com a divulgação de um material como este,só enriquece e soma cada vez mais o conhecimento dos criadores e hobbystas deste belo peixe que é o betta.
Morgado
Voltar ao Topo Ir em baixo 

nina
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Localização : bragança-pará
Mensagens : 1
Data de inscrição : 11/10/2009
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Dom 11 Out 2009, 13:36Responder ao tópico

ÓTIMA MATÉRIA, O CONTEÚDO É BEM INTERESSANTE PARA QUEM APRECIA E CRIA ESSA LINDA ESPÉCIE.
NINA!! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo 

David Rosario
avatar

Membro ativo
Membro ativo


Nome Real : David
Localização : barreiro
Mensagens : 589
Data de inscrição : 06/10/2009
Gostos : 30


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Dom 11 Out 2009, 14:38Responder ao tópico

gostei,
continua a por artigos desses pois e isso mesmo que precisamos... Aprender!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo 

TONYFOX

Membro ativo
Membro ativo


Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/09/2009
Gostos : -16


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Dom 11 Out 2009, 14:55Responder ao tópico

Nuno Duarte,espectacular tanto da descrição como das fotos,parabens
mas nunca pensei que em ter-mos de reprodução fosse assim
prefiro os meus ciclideos,não é necessário tantas tabelas.
de qualquer modo continua a por,pois gosto sempre aprender com alguem,que me pode ensinar algo,nunca é tarde para aprender,força aí que gosto Very Happy Very Happy Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo 

junior_mangabeira
avatar

Membro
Membro


Nome Real : Júnior Mangabeira
Localização : itabuna
Mensagens : 123
Data de inscrição : 05/07/2011
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qua 20 Jul 2011, 20:53Responder ao tópico

otimo artigo sobre esse belo peixe parabens
Voltar ao Topo Ir em baixo 

denilson avila
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Nome Real : denilson
Localização : porto alegre,rs,brasil
Mensagens : 13
Data de inscrição : 09/07/2011
Gostos : 30


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qui 04 Ago 2011, 20:46Responder ao tópico

ate que um dia alguem para compartilhar um assunto interessante como as especies de bettas existentes,esperamos que possamos continuar a nois deleitarmos com informaçoes preciosas como a sua por aqui,obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo 

sr.Crabs
avatar

Membro
Membro


Localização : Alverca
Mensagens : 51
Data de inscrição : 09/08/2011
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qua 10 Ago 2011, 06:49Responder ao tópico

Eu já tive um desses vermelho mas venderam-no com o nome de combatente ( dão-lhe esse nome porque luta com os machos da mesma espécie e machos e fêmeas de outras espécies mas nunca com as fêmeas da mesma espécie ).Adiante,ele morreu passado alguns meses isso é normal? Eu não fiz a crueldade de o por num aquário esférico ( dizem que os peixes são uma treta porque vivem pouco tempo mas é um grande disparate a culpa é dos donos : os peixes criam protecções na água mas fazem muita sujidade,temos de os por num aquário grande e com o filtro para a porcaria se ir embora mas a água é sempre a mesma! )Seja como for eu gostaria de saber se é normal. 😢
Voltar ao Topo Ir em baixo 

santosfs
avatar

Membro
Membro


Nome Real : Sérgio Santos
Localização : Vila do Conde
Mensagens : 57
Data de inscrição : 01/09/2011
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Dom 15 Jan 2012, 13:53Responder ao tópico

Obrigado pela partilha, embora já conhece-se praticamente tudo o que falas mas é sempre util pra aprofundar o conhecimento
Voltar ao Topo Ir em baixo 

wnetto27
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Localização : Cravinhos
Mensagens : 24
Data de inscrição : 02/11/2011
Gostos : 0


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qua 18 Jan 2012, 09:01Responder ao tópico

Essa especie de betta é muito interessante , ontem comprei dois exemplares um vermelho e um azul,essas informações são válidas para o conhecimento dos mesmos.
Voltar ao Topo Ir em baixo 

josi&alex
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Localização : Santa Barbara d´Oeste
Mensagens : 1
Data de inscrição : 28/06/2012
Gostos : 0


MensagemAssunto: alimentação dos alevinos   Qui 28 Jun 2012, 21:34Responder ao tópico

como são dadas as artemias?
Voltar ao Topo Ir em baixo 

lino_51
avatar

Membro
Membro


Nome Real : Lino
Localização : Guarulhos
Mensagens : 153
Data de inscrição : 12/08/2013
Gostos : 2


MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Qui 15 Ago 2013, 12:26Responder ao tópico

Belo post e ótimo artigo...
Parabéns!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Conteúdo patrocinado





MensagemAssunto: Re: Betta Crowntail   Responder ao tópico

Voltar ao Topo Ir em baixo 

Betta Crowntail

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce :: Anabantideos :: Bettas-