Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto
 

Cuidados com a aquisição e aclimatização de vivíparos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Mara Silva
avatar

Moderador EspecificoPeixeFauna
Moderador EspecificoPeixeFauna


Localização : Beira Alta
Mensagens : 3998
Data de inscrição : 29/06/2012
Gostos : 137


MensagemAssunto: Cuidados com a aquisição e aclimatização de vivíparos   Dom 03 Nov 2013, 18:56Responder ao tópico

Perante as dificuldades que ultimamente têm surgido com a aquisição e aclimatização de vivíparos, decidi criar este tópico para partilhar o método que sempre usei aquando da introdução de novos vivíparos nos meus aquários, e que, de uma forma geral, sempre me deu uma óptima percentagem de sucesso.
O método que sempre utilizei tem sido seguro e eficaz na prevenção das mortes dos novos peixes.


Relembro e saliento que o respectivo método é específico para os vivíparos mais comuns ( Guppys, Mollys, Platys, Espadas ) e não deve, de forma alguma, ser aplicado noutras espécies de peixes, sem antes ser confirmada a sua tolerância á dosagem de sal que utilizo.


A dúvida mais comum surge quando os peixes morrem poucas horas ou poucos dias após a introdução dos mesmos nos nossos aquários.
A pergunta é sempre a mesma. Mas afinal, porque me adoecem ou morrem repentinamente os peixes se a qualidade da água é boa e fiz uma aclimatização adequada?
Os vivíparos são peixes especialmente sensíveis a situações de stress, e perante essas situações têm tendência a adoecer.
São geralmente criados em situações precárias, estão mal acondicionados na loja, são transportados de forma inadequada, geralmente a aclimatização dos mesmos é inapropriada. Todos estes factores individualmente ou em coletivo, torna-os susceptíveis a situações de stress e então são desencadeadas determinadas doenças, geralmente contagiosas.

Material necessário:
- Aquário de quarentena equipado com filtro ( ciclado) e mediante algumas circunstâncias bomba de ar.
- Aquecedor para manter a temperatura da água entre 24 e 26ºC
- Sal ou Sera Ectopur
- Folhas de amendoeira da India, ou na impossibilidade de a adquirir, um medicamento de largo espectro como por exemplo Esha 2000 ou Sera Omnipur, entre outros.
- Vitaminas ( opcional ) como por exemplo Esha Optima ou Sera Fishtamin
- Acondicionador de água
- Testes (Ph, amónia e nitritos, em especial)

Cuidados na compra de peixes:
- Consultar o seguinte tópico:
http://www.peixefauna.com/t12641-capitulo-v-manual-do-aquariofilista-iniciante-como-escolher-e-comprar-a-fauna
- Verificar ainda a côr da água para nos certificarmos que esta não contém medicação.
Se alguma das situações anteriores se verificar, não comprar peixes.

Cuidados na aclimatização de peixes no aquário de quarentena:
- Consultar o seguinte tópico:
http://www.peixefauna.com/t12641-capitulo-v-manual-do-aquariofilista-iniciante-como-escolher-e-comprar-a-fauna

Características do aquário de quarentena:
- O aquário de quarentena deve ter um volume capaz de suportar a quantidade de peixes adquiridos e devidamente equipado com filtro e aquecedor e não deve conter qualquer substrato. Podem no entanto colocar-se umas plantas de fácil manutenção ( previamente desinfectadas) para lhes guarnecer alguma protecção para que estes se sintam confortáveis.
- Deve estar previamente montado á compra dos peixes para logo que cheguemos a casa os possamos ambientar.
- O aquário de quarentena previamente montado, deve conter a água proveniente do aquário principal onde após a quarentena irão ser colocados os novos peixes.
Método de quarentena:
- Os peixes adquiridos devem ser colocados no aquário de quarentena durante pelo menos três semanas.
- O aquário de quarentena deve ser montado com água do aquário principal, á qual se juntam duas gramas de sal bem dissolvido por cada litro de água do aquário, no primeiro dia.
No caso de não se usar sal, pode-se recorrer a Sera Ectopur respeitando a bula do mesmo.
Exemplo: Num aquário de quarentena com um volume de 30 litros devem colocar-se bem dissolvidas 60 gramas de sal.
- No segundo dia deve-se colocar mais sal. Mais uma grama de sal por cada litro de água, de modo a que a concentração de sal passe para três gramas de sal por cada litro de água.
- Devem colocar-se no aquário duas a três folhas de amendoeira da India por cada 100 litros de água. Quando não se tem as folhas mencionadas, utiliza-se então Esha 2000 ou Sera Omnipur cumprindo as dosagens da bula dos mesmos. Finalizado o tratamento procede-se a uma Tpa generosa para remoção dos medicamentos e á colocação de carvão no filtro. Observação: No caso de serem usados os medicamentos ao invés das folhas de amendoeira, o uso do sal só deve ser efectuado após a finalização do tratamento.
No caso de utilização de medicamentos, convém recorrer ao uso de uma bomba de ar de modo a manter uma boa oxigenação da água
- A qualidade da água deve ser sempre monitorizada para nos certificarmos que todos os parâmetros estão em ordem, em especial se recorrermos ao uso dos medicamentos ao invés das folhas de amendoeira, pois estes podem afectar a colónia de bactérias.
- O habitual “regime” de Tpas deve ser mantido mesmo durante o tratamento de modo a manter a qualidade da água. Tpas semanais de 30% do volume do aquário geralmente são suficientes. Aquando da Tpa, deve-se repôr a quantidade de sal retirada com a mesma.
Exemplo: Se fizermos uma Tpa em que retiremos 10 litros, quando repusermos os mesmos 10 litros, devemos acrescentar 3 gramas de sal por cada litro de água, neste caso seriam 30 gramas.
- Nas tpas efectuadas pode optar-se ( recomendado) por utilizar água do aquário principal ( se esta tiver qualidade) em simultâneo com água nova, numa proporção de 50% para cada uma. Ou seja, se retirarmos do aquário de quarentena 10 litros, a nova água a introduzir devem ser 5 litros de água do aquário principal e 5 litros de água nova.

O uso do sal é para ser mantido durante todo o tempo de quarentena.
Durante o tratamento de quarentena é aconselhável a utilização das vitaminas ( Esha Optima ou Sera Fishtamin) de modo a auxiliar o reforço de um bom sistema imunitário.
Toda e qualquer água utilizada deve ainda ser acondicionada com um produto anti cloro, pois os respectivos produtos para além de removerem cloro e metais pesados da água, geralmente contém elementos que contribuem para a protecção da camada mucosa que reveste os peixes, bem como de escamas e barbatanas.

Após terminado o tratamento é altura de colocar os peixes no aquário principal. Ao fazê-lo, estes deverão na mesma ser aclimatizados segundo as regras de aclimatização.
Relembro que, se existirem problemas no aquário principal, má qualidade de água, doenças instaladas, os peixes poderão na mesma adoecer embora já estejam previamente sujeitos a uma quarentena.

Ter em atenção que a alimentação deve ser de qualidade, variada e nunca em excesso.

-- Assinatura --
Cumpts.
Mara Silva

ModeradorEspecífico do Sub-Fórum Viviparos
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Cuidados com a aquisição e aclimatização de vivíparos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce ::  Viviparos-