Peixefauna
Bem-vindo(a) ao fórum PeixeFauna.
Para poder aceder livremente à nossa comunidade, terá que efectuar Login.
Se ainda não é membro registe-se agora.




 
InícioInício  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Aquoporto

 

Pangeo kuhlii

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

David.Amaro
avatar

Recém chegado
Recém chegado


Nome Real : David
Localização : Castelo Branco
Mensagens : 33
Data de inscrição : 19/04/2013
Gostos : 7


MensagemAssunto: Pangeo kuhlii   Sab 27 Abr 2013, 19:07Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Pangio kuhlii

Classificação Científica

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Cypriniformes
Família: Cobitidae
Género: Pangio
Espécie: Pangio kuhlii

Habitat Natural

É originário da Indonésia e da Península Malaica. Habita pequenos rios de águas pouco profundas e arenosas com correntes mais ou menos calmas. Prefere viver em pequenos riachos com muita vegetação nas margens. A localização do Kuhlii costuma estar associada a locais com presença de turfa no solo, pelo que estas águas são ricas em ácidos húmicos e pobres em minerais (comparável a riachos da América do Sul) É encontrado tanto em águas cristalinas como turvas.
Ainda é difícil reproduzir este espécime comercialmente e portanto os kuhllis que temos nos aquários terão sido provavelmente capturados no seu habitat natural.

Acessibilidade

Este espécime nem sempre é encontrado nas superfícies comerciais. Isto deve-se ao facto de a sua reprodução na natureza ser obviamente sazonal e a sua captura o ser também. Portanto só de tempos em tempos é que se encontra nas lojas. Na altura comprei 4 exemplares de uma só vez e é o aconselhável pois nunca se sabe quando volta a aparecer à venda. É de baixo custo.

Características ideais da água do aquário

pH (medida da concentração de iões de hidrogénio na água): 3.0 – 6,5
dGH (medida da concentração de certos iões divalentes na água): 10 máximo
Temperatura: 25ºC – 30ºC
Volume de água: 60 litros mínimo

Características ideais de um aquário com kuhliis

Um aquário com kuhliis deveria idealmente ser totalmente de areia fina com alguns seixos macios. Com zonas ricamente plantadas e com esconderijos naturais, mas também com zonas abertas. O filtro do aquário não deve ser demasiado potente e as água deverá ser calma. Uma água ácida e macia é preferível ou seja rica em ácidos húmicos e teína e pobre em minerais.

Caracteristicas fisicas do espécime

O Kuhlii é sempre uma boa adição a qualquer aquário de águas ácidas. Fará contraste com a maioria dos seus companheiros de outras espécies devido à sua forma peculiar.
Tem formato de enguia ou minhoca e pode atingir os 12 centímetros de comprimento. Pode viver cerca de 10 anos em aquário, embora hajam relatos de que tenha vivido mais.
O esguio corpo deste peixe é de tonalidade rosada ou alaranjada e é traçado por cerca de 12 a 17 riscas verticais, bem mais escuras. Não possui escamas na cabeça e as escamas do corpo são muito pequenas. Os seus olhos estão cobertos por uma fina camada de pele, cada um deles com um pequeno espinho posicionado à frente. Têm 3 pares de barbelas à volta da boca.
A barbatana dorsal é posicionada bem ao fundo do corpo já quase junto á barbatana caudal.
Recentemente surgiram umas variantes albinas do Kuhlii, no entanto nem eu sei nem ninguém a quem eu tenha perguntado sabe donde provêm, se do seu habitat natural se de viveiros. Mas mais possivelmente de viveiros porque em habitat natural um kuhlii albino seria uma presa fácil no meio dos outros peixes todos creio eu.

Alimentação

O kuhlli é um peixe omnívoro e alimentar-se-à de qualquer tipo de comida que lancemos para o aquário desde que de reduzidas dimensões pois tem um aparelho bocal bastante reduzido. Gosto de percorrer a areia fina usando as suas barbelas em busca de flocos que tenham ficado depositados. Poderá mesmo escavar à procura de alimentos e enterrar-se completamente sob a areia. Portanto pondo assim, o kuhlii é omnívoro, alimenta-se de flocos e comprimidos que caem no fundo do aquário e alimentos vivos de pequenas dimensões.

Sociabilidade

O animal é sociável e muito calminho, mas um pouco tímido. Poderá demorar a ambientar-se ao aquário. Inicialmente andará mais enterrado na areia do que fora dela, ou escondido dentro de tocas. É tendencionalmente nocturno porque os cursos de rio onde habita estão quase sempre cobertos por sombra. A médio prazo irá expor-se com mais frequência. Tanto pode estar sozinho ou estar em grupos de 20, no entanto o ideal é mantê-lo num pequeno grupo de mais ou menos 4. Desta forma não perturbam nenhum outro peixe do aquário porque quando estão em grupos podem tornar-se agitados e nadar “descontroladamente” ou fazer grandes frenezins à volta da comida. Se estiver um sozinho por demasiado tempo pode ficar deprimido e nem se mostrar. Não convém colocar grandes peixes predadores num aquário com kuhllis ou vice-versa porque os peixes grandes poderão confundir os kuhliis com tubifex Wink
Visto ser um peixe de fundo, precisa que todos os outros peixes de fundo sejam pacíficos. As corydoras darão excelentes companheiras.

Resistência

O kuhlii é um peixe sensível e tem de ter vários cuidados. A água do aquário deve ser ácida e calma. Deve estar muito bem oxigenada. É importante não colocar os kuhliis em aquários recentemente montados. Ele é susceptível a organismos patogénicos da água e é frequente serem afectados por fungos que se desenvolvem nas suas pequenas escamas. Portanto só se deve introduzir kuhliis quando se tem a certeza de que o filtro funciona bem e de que provavelmente todas as bactérias do aquário já estarão fixadas no filtro. É preciso ter em atenção a água que se traz das lojas de animais. Está cheia de bactérias nocivas e os kuhliis normalmente são sempre afectados.
Se isto for respeitado é provável que consigamos usufruir da companhia deles por muitos anos.

Dimorfismo Sexual

É um pouco difícil distinguir o macho da fêmea, isto porque quando são pequenos e estão nos aquários das lojas são praticamente todos iguais.
Com o passar das semanas e meses começaram a notar-se diferenças. O macho crescerá menos e será mais delgado e definido. As suas barbatanas são ligeiramente mais compridas que as da fêmea. A fêmea tornar-se-á mais alongada e o seu corpo mais volumoso e largo. As riscas do seu corpo tornar-se-ão mais largas. O macho não atingirá os 12 centímetros de comprimento.
Se da loja levarmos 4 é mais que provável que pelo menos um seja uma fêmea, que foi o que aconteceu na altura em tive kuhliis.

Reprodução

É muito difícil consegui-lo em aquário. E como não o consegui vou falar nisto com base na experiência de outros aquaristas que conseguiram a reprodução do bicho em aquário.
Quando se aproxima a época de reprodução o macho começa a cortejar a fêmea e com a sua boca dá pancadinhas nos seus opérculos. Nadam juntos e entrelaçam-se. Após terminarem a dança procuram uma zona estável para colocar a sua prole. Normalmente a fêmea liberta os seus ovos por baixo de raízes de plantas altas ou sob as folhas das mesmas e os ovos são descritos por Herbert Axelrodi como sendo verdes estando cada um deles dentro de uma bolha de ar.

Para já não me lembro de mais nada que possa acrescentar. Aceito críticas e também mais informação para acrescentar a esta e as outras fichas técnicas.

Obrigado
Voltar ao Topo Ir em baixo 

Pangeo kuhlii

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Peixefauna :: Água Doce :: Fichas Técnicas :: Peixes-